27 de out de 2009

mudanças.

as coisas mudaram devagarinho, de modo confortador para mim e para meu coração. De repente o senti aquecido, pulsando, alegre e mudando, como li em algum lugar que não me vem a cabeça.. " nao há nada de tão novo, exceto o esquecido" , mas há uma pitada de novos sentimentos.
Hoje vejo que felicidade é algo quentinho que está sempre à nossa frente, do nosso lado... Mas às vezes a gente não consegue alcançar, tocar, e por um triz de distância ela chega pertinho e nos aquece, isso porque é o momento que a gente merece. É e foi o que está acontecendo comigo, sinto ela me aquecendo constantemente, mas às vezes ela se afasta, e dá um frio, um medo de não senti-la de novo. Mas isso é sempre assim, isso nunca muda, ela vai e volta.



E as coisas foram mudando pra mim, devido à essa percepção. Porque tudo passa né, mas a gente no fundo sempre tem medo de não passar e nos lastimamos, ou esquecemos de ter medo de passar, e quando vimos já foi. E é assim mesmo, tudo passa... A tristeza, o medo, a angústia, a dúvida, a raiva, a dor,a mágoa, aquela paixão que você jurava que era amor eterno, a saudade, em fim tudo um dia não passará de lembranças sendo elas boas ou ruins. E algumas coisas só passam, só mudam se a gente quizer, pois tudo é assim, basta se permitir.

Hoje digo que mudei o rumo dos meus olhos, do meu coração, e ele está tão bem no meio dessa agitação de novos sentimentos, de novo caminho, de novo destino, que é nessas palavras que acho que devo expressá-las .

0 comentários:

Postar um comentário